Quem somos

Somos andarilhos nos territórios da educação.
Pisamos, desde muito, o chão da escola, aquele da sala de aula, com crianças e adolescentes, e o da coordenação pedagógica no acompanhamento do trabalho docente. Mais à distância, pisamos os espaços da formação em serviço, compartilhamos outras questões e conhecemos outros cenários e protagonistas de múltiplas paisagens pedagógicas.
Há quatro anos, no Espaço Atual delimitamos nossa geografia. Nos cursos oferecidos o convite à investigação sobre os múltiplos territórios da educação vem sendo aceito por um pequeno número de profissionais dispostos a esta aventura.

Sou Fátima Camargo, brasileira e bairrista, paulistana de geografia e de coração. Essa cidade super povoada, ruidosa, apressada e intensa escancara aos sentidos múltiplas ofertas.

Caminhei, por bom tempo, pelos territórios da educação cultuando crenças. Mudei.  Transitei por vicinais e deparei com clareiras e outras possibilidades. Dei de pensar diferente e passei a cultivar uma só crença: o descrer.

Piso com interesse na sala de aula, com grandes e pequenos. Acho os alunos surpreendentes, sobretudo por sobreviverem às mesmices das instituições e continuarem criando, também as formas de sabotá-las.

Há anos o trabalho com os professores, coordenadores e diretores, tem sido o objeto de minhas inquietações profissionais. É com eles que eu tenho pensado educação, fora e dentro do espaço da escola. É com eles e com os outros parceiros que eu cuido de mim e potencializo o pensar como exercício.

Leio muito. Meus livros têm páginas marcadas com pequenas orelhas com o que guardo tudo o que me chama atenção. De vez em quando volto a elas e sempre é outra a leitura que faço. O esquecimento das impressões anteriores inaugura um novo território sobre o qual, como estrangeira, caminho deixando outras pegadas.

Escrever é recurso indispensável ao pensar. Busco nas palavras cúmplices para a produção dos sentidos que quero produzir. O computador facilita o movimento de ir e voltar tantas vezes for necessário. A forma final é provisória, serve ao momento e pode ser depois, também esquecida. Neste terreno, como em outros, bom saber que nada é  definitivo.

Venho responsavelmente buscando a leveza e o humor, na vida e na profissão. Acredito estar conseguindo rir mais das coisas, sobretudo, de mim mesma.

Isso é bom, muito bom.

… … … …

Edmilson de Castro

Primeiro território : São Paulo. Cidade onde nasci e que me ensinou a intensidade de todas as diferenças e rítmos e as possibilidades dos descaminhos;

Segundo território : formação. História.  Um caminho intelectual  possível sempre multiplicado por percursos aleatórios, ditados pelos impulsos do autodidatismo;

Terceiro território : a escola. Como professor, coordenador ou companheiro de viagem de quem nela vive, babelicamente. Campo para a invenção e o risco, vontade de potência para criar um estilo no agir;

Quarto território : Espaço Atual. Local onde toda uma trajetória de vida e experiência se cruza com outras histórias, sem parada, para que novos rizomas continuem o fluxo da nossas singularidades.


Anúncios
19 Responses “Quem somos” →

  1. Maria Alice Coelho

    14/11/2011

    Caro Edmilson,

    desejo que esteja bem. Fiquei feliz em encontrá-lo no blog. Desejo retomar contato. Estive com você no Notre Dame, mas faz muuuuito tempo. Solicito email para que eu possa contar o que desejo. Aguardo. Abraço,
    maria alice coelho
    mariaacoelho@ig.com.br

    Responder
    • maria alice

      eu é que fico muito feliz por reencontrar pessoas que partilharam e ainda partilham comigo, nesta aventura intensa que é a educação. somente hoje tomei contato com seu comentário e com o da marisol, pois estive um pouco ausente do blog por falta de organização pessoal. meu e-mail é edmicastro@uol.com.br ou edmilson@espacoatual.com.br
      faço contato comigo e não deixe de acompanhar nosso blog e os cursos que iremos oferecer brevemente em nosso site.
      beijos.
      ed.

      Responder

  2. Marissol

    14/11/2011

    Que delícia reencontrar vcs…
    Essa semana mesmo eu e M.Alice Coelho estávamos falando da saudades de compartilhar o olhar provocativo dos tempos do curso aqui em Campinas…
    Sucesso!
    Abraços

    Responder
  3. Parabéns!!! Descobri o blog por acaso, trabalho com bilínguismos e em uma das muitas viagens e descobertas pela internet achei vocês. Estou me deliciando com os textos, fonte de informação e prazer.

    Responder

    • fatima camargo

      08/10/2011

      ótimo!!! e melhor ainda saber que para além da informação os escritos lhe deleitam!
      criamos o blog há pouco mais de um ano e, devagar, vamos crescendo, sobretudo agora com o ingresso de novos colaboradores. o crescimento aqui é em ideias, pensares que se multiplicam, entrelaçam, debatem e nos instigam a permanecer alertas.
      gostaria de saber a quem me dirijo, mas, mais importante que isso, que você continue conosco e se possível, compartilhando suas ideias.
      forte abraço, fatima

      Responder

  4. diana zaraya ribeiro

    03/05/2011

    Fátima e Ed, que saudades de vocês, das aulas, das leituras, de tudo!
    A Clau já tinha me falado do “territórios”, mas somente hoje consegui encontrar (alguém tem um gps de internet pra me dar?).
    Agora, vou ler os textos, como quem espera o final da noite pra comer aquela sobremesa que está na geladeira, esperando, ….

    Responder

    • fatimacamargo

      04/05/2011

      diana,
      sabe que me intriga você só saber da existência do blog agora porque nós enviamos, desde o ano passado, notícias sobre ele por e-mail, através de newsletter.
      bem, nunca é tarde para começar a ler, bem ao contrário. Talvez seja melhor que a “sobremesa” seja saboreada durante o dia, pois, as vezes, elas pesam um pouquinho … no caso destas acredito que o “peso” não chega à indigestão, mas, com certeza dá a pensar, quer se concorde ou discorde do que é dito. é o que queremos por aqui: dar a pensar.
      que bom que ganhamos mais uma andarilha! deixe comentários, faça perguntas, discorde, amplie e converse conosco, certo?
      forte abraço, fatima
      não deixe de

      Responder

  5. Adriana Pedrassa Prates

    07/02/2011

    Caros e queridos, Edmilson Denise Fátima
    já saí de São Paulo. As palavras a ela, à cidade, cutucaram uma saudade que eu já sabia. Saudade feita.
    Nada como os encontros virtuais, vamos dando conta de tantas coisas…
    Espero contribuir, no momento só penso em uma limonada bem gelada, o calor deste lugar me põe à prova. Homem geléia. Fortes os que andam.
    Grande abraço a vocês.

    Responder
    • adriana
      não foi à toa que o euclides da cunha disse que o nordestino “é antes de tudo, um forte”. há destino na designação geográfica e um sol de curtir as almas. boa sorte.

      Responder

    • fatimacamargo

      08/02/2011

      adriana, bom saber de você – derretida e lúcida. outra paisagem, quente mas, com certeza, revigorante. exigências que nos fazem mover. espero que depois de algumas limonadas você volte a estes territórios. será sempre bom tê-la por perto. forte abraço

      Responder

  6. Denise Aparecida Salmeron

    12/01/2011

    Estou adorando o blog. Desejo muitas intensidades e inventividades. Feliz 2011 a todos os viajantes desses territórios.

    Responder

  7. Marlucia Silva Vieira

    28/12/2010

    Olá queridos mestres!!
    Quando estava desacreditando (em partes)aparecem vocês para me dar um alento.
    Voltei a acreditar nesta árdua missão que é ser professor.
    Obrigado pela injeção de ânimo. Sei que juntos trocaremos ideias e isto será muito
    proveitoso e fortalecerá a minha busca incessante.
    Abraço e até breve…

    Responder
    • querida marlucia
      fico feliz em encontrá-la neste espaço. espero que possamos circular, cada vez, outras ideias sobre as possibilidades que estão abertas para aqueles educadores que desejam mais que simplismente dar aulas….
      forte abraço.

      Responder

  8. alessandra rosalles

    09/12/2010

    Queridos Fátima e Edmilson,
    saudades boas…
    Amei receber a notícia do blog, assim como navegar por este novo território!
    Beijo agradecido,
    da Alê.

    Responder

  9. Andrea Faria

    05/12/2010

    OLÁ FÁTIMA CAMARGO E EDMÍLSON DE CASTRO!
    PARABÉNS PELO BLOG!!!
    PENSO QUE SERÁ UM ESPAÇO INTERESSANTE E DESAFIADOR PARA NÓS, ALUNOS DO ESPAÇO ATUAL, ARRISCAR NOSSOS ENSAIOS DE ESCRITA.
    BEIJOS E SUCESSO!!!
    ANDREA E ALINE
    SÃO BERNARDO DO CAMPO.

    Responder
    • Andrea e Aline,
      é sim um território aberto a passeios e a deixar pegadas … esperamos que o convite aqui lançado inspire caminhantes a percorrerem essas trilhas.
      abraço

      Responder
  10. Oi professores!
    Belo Blog.
    Tentarei contribuir com algumas modestas reflexões.
    No momento estou com a Hermeneutica do Sujeito. Essas leitura me embaraçam, tocam e transformam…

    Um abraço

    Responder

    • fatimacamargo

      19/10/2010

      Wagner,

      nós vamos esperar pelas contribuições;
      também somos “modestos” e, economicos, pois, há dois meses amanhã, pouco movemos as palavras;
      no aguardo de suas idéias,
      abraço

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: